sexta-feira, 24 de novembro de 2006 | By: Jujuba

TPM

E que atire a primeira pedra aquele que nunca foi vítima de uma mulher na TPM. Uma mulher nesse estado não segue nenhum raciocínio lógico, linear ou previsível. Nem tente compreender, meu amigo.


O dia de trabalho tinha sido estressante. Ele chegou em casa, preparou o jantar e sentou no sofá, pra esperar ela chegar. Ela abriu a porta, num movimento raivoso, jogou a bolsa no chão e as chaves na mesa.
- Oi querida. Como foi o seu dia?
- Péssimo - ela respondeu.
- Por que? - ele indagou.
- Porque sim. E se você continuar perguntando, não vou conseguir esquecer o que me aconteceu. Merda.
Ele se calou.
Ela entrou no quarto, jogou as roupas de cama para que ele dormisse no sofá e bateu a porta. Minutos depois, voltou pra sala e disse:
- E faça o favor de lavar suas meias.

No dia seguinte, ele cumpriu o mesmo ritual. Chegou mais cedo, preparou o jantar e ficou no aguardo dela. Ela chegou, na mesma fúria do dia anterior, jogou as coisas e ficou olhando fixamente pra ele.
Ele, receoso em perguntar como havia sido o dia dela, só conseguiu dizer:
- O jantar está pronto, amor.
Ela começou a chorar:
- Você não vai sequer perguntar como foi o meu dia? Você não se importa mais comigo. E saiu aos prantos.
Ela novamente entrou no quarto, jogou as roupas de cama para que ele dormisse no sofá e bateu a porta. Minutos depois, voltou pra sala e disse:
- E faça o favor de lavar suas meias.

Totalmente confuso, ele mais uma vez dormiu no sofá. E continuou pensando no que deveria fazer para o dia seguinte.
Não chegou a conclusão alguma. Continuava sem saber se devia ou não perguntar como tinha sido o dia dela.
Mas uma coisa era certa: Ele tinha que estar com as meias sempre limpas!

3 observações:

Mandi Moraes disse...

Pois é, Juba... e isso é só começo! Tô gargalhando aqui. Me lembra aquele filme com o Mel Gibson, "Do Que as Mulheres Gostam" (What Women Want). Por mais que um cara leia nossos pensamentos, será que ele pode compreendê-los?
Coitado do marido, que vai passar uma vida tentando entender esse "detalhe" da psiquê (ou seria psico) feminina. Bjs

Luiz disse...

Solteirice. Esse é o melhor remédio pro companheiro aí...

issamu disse...

Nops, mas tem algo errado nessa história. Maridão preparando o jantar e esperando a esposa pacientemente. Ahhh, isso não te pertence mais. Fala pra ele comprar mais meias. Bjaum