sexta-feira, 10 de novembro de 2006 | By: Mandi

Estréia


Que primeiro sutiã, que nada. O primeiro post é que é inesquecível.
Aliás, tudo o que é primeira vez na vida de uma mulher traz uma bagagem enorme. E, verdade seja dita, geralmente é ruim. Mentira deslavada das mulheres quando dizem que a primeira vez em alguma coisa é boa. Não é. Mas, se tivermos sorte, com o tempo e a prática melhora bastante. Tudo. Ou quase tudo.
O primeiro beijo, por exemplo... É confuso. Quem nunca passou pelo dilema de tentar se concentrar no ato, quando, de repente, sua mente vai a mil?! "O que faço com as minhas mãos? Peraí, o que você está fazendo com as SUAS mãos? Argh, meu filho, como você baba... Menos, menos. Calma aí, você sabe o que está fazendo? Nos filmes não parecia ser assim... Tô sufocando, tô sufocando". Bom, esse último é porque quando beijamos pela primeira vez, das duas uma: ou esquecemos de respirar ou não sabemos que é permitido respirar. Graças a Deus, um dia tudo melhora. Aí é só relaxar.
E quando beijamos alguém pela primeira vez? Os pensamentos são outros, uma vez que se tem uma certa prática e já se sabe o que fazer. Infelizmente, no entanto, ninguém está livre de beijar alguém e a química não rolar. Faz parte.
E a primeira transa? Se você é virgem e está lendo isso, não se iluda. Dói. Isso é fato. Por mais preparada que você esteja. Aí tem aquela coisa, vai ser mais ou menos legal de acordo com uma série de variáveis que mais parece um gráfico de matemática. Nunca gostei de matemática.
Agora, se você está lendo isso e já passou por esta situação, sabe que é tudo verdade. E pode estar aliviada com o fato de que tudo melhora, de verdade. Às vezes melhora muito, outras piora mais ainda.
E os relacionamentos românticos, então? Cada fase tem suas particularidades boas e ruins. Mas isso fica para outro post.

4 observações:

Dê disse...

Como é mais facil hoje em dia falar nesse assunto, ainda mais pq ja se passaram tantos anos, e tantas experiencias que a vida nos porporcionou que fica super tranquilo ....Eu sempre falo,que seria perfeito ter a cabeça de hoje naquela epoca que tudo se inicia.
Mas confesso tambem que nao teria tanta graça, porque é gostoso desconbrir tudo e poder compartilhar com as amigas.
E ainda bem que tudo melhora mesmo com o tempo, e com as experiencias que iremos adquirindo ao longo dos anos, e tudo se torna tão mais gostoso e prazeroso.
Mas falar de mulher é foda mesmo, é um bichão de mil cabeças, que sofre com a TPM, com os pelos encravados,e as depilações, unhas quebradas e encravadas, cabelos na famosa chapinha, as cólicas fdp.....enfim ser mulher é missão para todos os dias!!!

Porém nao vou negar que nao vivo sem mulher e elas são apaixonantes!!!

Anônimo disse...

MANDINHA,
PARABENS PELO SEU NOVO CYBERESPAÇO!!!!
É MUITO LEGAL LER SUAS REDAÇÕES, COMENTÁRIOS E TUDO MAIS QUE VOCÊ CRIA...
ESTAREI SEMPRE TORCENDO POR VOCÊ!
ULYSSES

orquide@ disse...

Seja bem vinda ao mundo dos blogs...se precisar de uma força estamos aí! rs...

Mandi Moraes disse...

Obrigada pessoal.
Dê, Ulysses e Orquídea.
Servimos bem para servir sempre.
Espero vê-los sempre por aqui.
Beijos