sexta-feira, 3 de junho de 2011 | By: Mandi

Ah, vá?!

Na semana passada, bombou na internet a história de um grupo de pesquisadores Universidade de Heriot-Watt, na Escócia, que chegou à brilhante conclusão de que assistir a comédias românticas faz com que as pessoas criem expectativas irreais - e até mesmo perigosas - em relação aos relacionamentos da vida real. 


Ah, vá?!


Se você acompanha A Complexa Arte de Ser Mulher, já sabe disso há muito tempo. Comédias românticas são apenas uma evolução dos contos de fadas. Mas foi necessário um estudo científico para comprovar o que todo mundo já sabe. Foram analisados 50 filmes. Tomei a liberdade de fazer breves comentários sobre alguns filmes que fizeram parte da pesquisa.


Do Que as Mulheres Gostam - Mel Gibson é um machista sofre um acidente, começa a ouvir os pensamentos das mulheres e se aproveita disso para passar a perna em sua chefe, Helen Hurt. No meio do caminho, ele se transforma em um cara legal, se apaixona por ela e se arrepende do que fez. O que está errado: se nem nós sabemos o que nós queremos, como um homem como o Mel Gibson poderia saber? Fala sério! 


O Casamento do Meu Melhor Amigo - Se você passou a vida inteira fazendo doce para um amigo que sempre te deu mole e, assim que ele arrumou outra, você percebeu que ele é o amor da sua vida - igual a Julia Roberts neste filme, esquece. Você merece ficar sozinha no final da história, assim como ela. 






Escrito nas Estrelas - Homem conhece mulher, eles passam uma noite inacreditável, mas ela prefere acreditar que, se for para eles ficarem juntos, o destino se encarregará disso. No filme, ela escreve o telefone dela em um livro e ele escreve o telefone dele em uma nota de 5 dólares. Não vou contar o que acontece para não sacanear com quem ainda não viu, mas... Se você acredita em destino, tem algo errado com você. Relacionamentos precisam de muito esforço. Ou você não está me acompanhando no Blog da Mulher? 


O Príncipe e Eu - Quem aí ainda cai no conto do príncipe encantado? Um príncipe dinamarquês que se disfarça de intercambista e se apaixona por uma plebeia? Não merece comentários...


Eu acredito que todas nós temos o direito de sonhar, vendo estes filmes. Eu vi todos os filmes que fizeram parte da pesquisa. Mas, no final das contas, não podemos nos esquecer de que comédias românticas são ficção. Na vida real é preciso muito mais humor para se encarar um relacionamento. 


Até a próxima!

0 observações: