domingo, 23 de setembro de 2007 | By: Mandi

Código de ética

Outro dia este era o assunto entre um grupo de amigos. Um deles começou dizendo que as mulheres levavam muito a sério o tal do código de ética, que implicava que uma não ficaria com namorado, rolo ou ficante da amiga. Lembrei que não são só as mulheres que mantêm essa regra. Os homens também.
Os dois homens da conversa explicaram que, segundo o código masculino, um cara pode ficar com a ex do outro, desde que se certifique antes que não há problemas. Ao meu ver, para os homens é muito mais fácil lidar com esta situação, até porque é da natureza deles serem mais diretos.
Entre as mulheres, o buraco é mais embaixo. Porque, todos nós sabemos que quase todas as mulheres não admitem o que realmente pensam ou sentem, o que resulta em confusão... Exemplo: há alguns anos, estava fazendo um curso e tinha uma turma bacana por lá. Havia uma colega que era mais próxima, conversávamos bastante e um dia surgiu o assunto de um cara que estudava com a gente. Perguntei se havia algum interesse da parte dela por ele e ela respondeu que não. Perguntei se ela se ela se importava que eu me aproximasse dele, e mais uma vez ela disse que não havia problema, que eu deveria ir em frente. Foi o que eu fiz.
Nunca chegou a rolar nada entre o cara e eu, mas... depois dessa conversa, ela nunca mais olhou na minha cara e espalhou um boato de que eu era uma biscate. Até dizer que eu tinha um caso com o coordenador do curso, ela disse... Ou seja, não adiantou eu ter sido honesta com ela.
Voltando mais para trás na minha vida, quando eu tinha uns treze anos, era afim de um cara. Provavelmente a primeira vez que me apaixonei, se é que se pode dizer isso. Minha melhor amiga na época sabia de tudo. Eu sabia que ele não gostava de mim, então ficava na minha. Até o dia em que minha melhor amiga ficou com ele, na minha casa, na minha frente. Acho até que já contei essa história por aqui. Se eu briguei com ela por causa disso? Não. Me mantive firme e, desse dia em diante, jurei para mim que nunca brigaria com uma amiga por causa de homem algum. Anos depois, um ex-namorado de quem eu ainda gostava queria voltar a namorar comigo. No intervalo de três dias entre ele ter falado isso e a gente ter marcado de se ver de novo, ela foi lá e ficou com ele. Furazóio, como diz a Juba, é a mãe...
Quando ele veio me dizer que havia ficado com ela, eu já sabia. E disse que nunca mais ficaria com ele. E continuei amiga...
Essas situações foram moldando meu código de ética, que talvez seja rígido demais, mas pelo menos me dá paz. Se eu sei que uma amiga está interessada em um cara, mesmo que não tenha nada a ver entre eles, eu nem olho pra ele. Hoje em dia eu saco muito fácil quando uma pessoa está afim de outra, então mesmo que a amiga não admita, eu me antecipo... Também evito de me envolver com ex de amigas.
Amigo de ex-namorado também é fria. É uma maneira de respeitar o código alheio.
Depois de explicar minhas regras, um dos amigos disse: bom, se você não fica com ex de amiga, nem amigo de ex, então você não fica com ninguém, ainda mais nessa cidade, que é um ovo.
Não é bem assim, até porque eu tenho um gosto peculiar e que, graças a Deus, não bate com o das minhas amigas. Com a idade e as invertidas que já tomei, estou ficando cada vez mais seletiva, o que pode ser bom ou ruim. Mas, como minha avó sempre diz, antes só do que mal acompanhada. E quem tem amigos, nunca está só.

3 observações:

Serjones disse...

Eu nunca fiquei com ex de amigo nenhum, mas uma ex minha ficou com um amigo meu só pra se vingar de mim... e eu não gostei disso, não.

jujuba disse...

Fura-zóiooooooo!

Estranho que... dia desses quando eu tive a mega oportunidade de furar os zóios de quem eu não gosto, papai do céu me boicotou e eu comecei a passar mal na balada...

Melhor assim. Furar os olhos nem é bacana. E olha que é por isso que os meus são assim... quase rasgados... rs..

Pestaninha disse...

Gentem!!! Ano 2007!!! Existe isso de "furar os zóios"???
Desde que não haja compromisso entre 2 pessoas, penso que ninguém e de ninguém. Não podemos nos privar do que queremos ou sentimos porque "alguém viu o outro antes". As pessoas estão fazendo xixi ao redor dos seus interesses para demarcar o território?!?Pelo amore!!! Traição é uma coisa, agora ter interesse não correspondido é outra completamente diferente.
Sejamos mais modernos e menos hipócritas.