segunda-feira, 15 de outubro de 2007 | By: Mandi

A parte triste

Na vida real, vilões e mocinhos são bem diferentes daqueles das histórias, das fábulas encantadas. Nas fábulas, o bem sempre vence o mal. Você não tem medo de continuar lendo a história, porque lá no fundo, sabe que vai haver um final feliz. Que bom contador de histórias seria cruel o suficiente com seus fiéis leitores para decepcioná-los com um desfecho infeliz?
E os vilões são punidos.
A madrasta perde tudo. O bruxo vira rato. A bruxa morre. Capitão Gancho passa a vida fugindo do crocodilo Tic-Tac... Na vida real, tic-tac... O tempo passa rápido, e às vezes a gente nem percebe. Quando olhamos no calendário, vemos que o tempo passou e é quase um novo ano.
Na vida real, os mocinhos geralmente são chatos, são seus amigos e você sabe que nunca vai se apaixonar por eles. Ou até acontece de você se apaixonar. Mas daí... no momento em que você se apaixona, o mocinho se transforma em vilão. E os vilões são os mais difíceis de esquecer.
Porque o vazio que eles deixam ocupa tanto espaço.
Porque mesmo que vocês não se falem há tanto tempo, dói pensar que ele até sabia que era seu aniversário, e mesmo assim optou por ignorar a data, até porque não significa nada para ele e aquela história de ser amigos era mentira.
Porque, na vida real, quase todo mundo mente. Menos aquela meia dúzia de bestas quadradas, você inclusa, que ainda acreditam que vale a pena ter caráter, que vale a pena ser fiel ao que pensam ser certo. Mas, pense bem... você também mentiu, dizendo que não se importava mais...
Na vida real, vale mais proteger a si mesmo do que ter um ato heróico em nome do outro. Na vida real, bem e mal são coisas relativas. E os vilões seguem com a sua vida, enquanto você se esforça para olhar para frente.
E se alguém um dia perguntar, é verdade, sim. Por mais que eu tente arrancar você de minha existência, é fato. Você ainda é a parte mais triste de mim.

2 observações:

Anônimo disse...

Menina..que bom que você escreveu de novo..estava demorando já!

é bem certo dizer que hoje em dia os vilões são muito mais recompensados do que os mocinhos...A verdade, a lealdade e a fidelidade são coisas que não tem tasnto peso mais...infelizmente.
EStou entrnado nesse mundo agora, conhecendo aos poucos, e confesso que me assusto em saber que posso me decepcionar com as pessoas, inclusive e principalmente as que estão mais perto de mim. Eu amo um mocinho, que já foi vilão comigo. É a parte mais feliz e mais triste. Tinha tudo para ser a história perfeita, com um final feliz...em vão, estamos na vida real...

Pestaninha disse...

:(